• Marcos Rotta oficializa rompimento com ninho tucano

    O político se diz decepcionado “com a forma de como as coisas se desenrolaram dentro do partido”.
    07/08/2018 14h32 - Atualizado em 8/08/2018 14h43

    Foto: Reprodução


    Redação AM POST

    O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, oficializou nesta terça-feira (7) sua desfiliação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) onde esteve por 13 meses.

    Em nota à imprensa, Rotta se diz decepcionado “com a forma de como as coisas se desenrolaram dentro do partido”. Acredita-se que ele deverá agora se aliar ao governador, Amazonino Mendes (PDT) visando a possibilidade de se tornar secretário de Estado já que não conseguiu o posto de vice na chapa do candidato ao governo, Omar Aziz, posto assumido pelo deputado federal, Arthur Bisneto.

    Rotta, aproveitou para atacar o ninho tucano e falou de falta de reciprocidade e transparência. “Infelizmente, o partido não foi transparente comigo, como eu sempre fui dentro do PSDB e dentro da administração municipal. Eu torço pela cidade de Manaus e trabalho diuturnamente por Manaus”, completou.

    Troca-troca
    Na eleição de 2016, Rotta queria disputar a Prefeitura de Manaus, mas o PMDB, sob o comando do senador Eduardo Braga, fechou uma aliança com o PSDB e Rotta ficou como vice do prefeito, Arthur Neto. No ano passado, já como vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Rotta deixou o PMDB e ingressou no PSDB.

    O prefeito classificou, ontem (6) em entrevista, a atitude de seu vice como imatura. “Tenho minha estima por ele, que é grande. Ele tem que agir com maturidade”, disse.

    Sobre o troca-troca de partido de seu vice Arthur afirmou que não faz parte do feitio dele. “Ele já esteve com Amazonino, com Omar, com Eduardo Braga, já esteve comigo e agora volta para o Amazonino. Não é do Marcos, do caráter dele, da postura dele dar essa volta ao mundo. É uma coisa estranha, sair daqui, renunciar. As pessoas vão perguntar: por quê?,né”, opinou.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso