Mourão diz que é ‘coerente’ assumir comando da campanha

O general também avalia representar Bolsonaro em debates enquanto ele estiver se recuperando.
10/09/2018 08h18 - Atualizado em 11/09/2018 12h39

Foto: Reprodução


Candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), o general Hamilton Mourão disse ao blog neste domingo (9) acreditar que “o mais coerente” será ele assumir o comando estratégico da campanha do presidenciável enquanto Bolsonaro estiver se recuperando.

Ele também afirmou que está em avaliação apresentar pedido ao Tribunal Superior Eleitoral para que ele possa substituir Bolsonaro nos debates, já que o candidato na cabeça de chapa deve ficar em recuperação até o fim do primeiro turno.

“A situação de repouso é muito grande. Conversei com ele no sábado três, quatro minutos e falei: fique tranquilo, estamos cuidando de tudo”, disse Mourão ao blog.

O vice de Bolsonaro visitou o candidato no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Mourão afirmou que nesta terça-feira (11) vai se reunir em Brasília com aliados de Bolsonaro para discutirem a nova “linha de ação “: as próximas estratégias da campanha no primeiro turno.

O vice defende que, por ser mais experiente, e por não ser seu papel ir para a campanha de rua, o “coerente” é ele assumir uma espécie de comando estratégico da campanha para que eles “falem a mesma língua”.

Os filhos de Bolsonaro, em sua avaliação, deverão seguir com suas campanhas nos estados e “levar a mensagem do pai a todos os brasileiros nas ruas”. O deputado estadual Flávio Bolsonaro disputa cadeira no Senado e Eduardo Bolsonaro tenta reeleição para a Câmara dos Deputados.

Mourão afirmou ainda que será avaliado se é o caso de pedir ao TSE para que ele substitua Bolsonaro nos debates presidenciais do primeiro turno. “Vamos conversar sobre isso”, disse.

Fonte:G1


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso