Pesquisa de intenção de votos para governador do Amazonas é divulgada com 102%

Com 2% a mais, a pesquisa causou confusão na cabeça do eleitor.
21/09/2018 14h25 - Atualizado em 21/09/2018 21h21

Foto: Reprodução


A primeira pesquisa da DMP/Rede Tiradentes que foi divulgada hoje, sexta-feira (21) e aponta empate técnico e disputa do segundo turno entre o jornalista e apresentador Wilson Lima (PSC), com 27% dos votos válidos, e o candidato a reeleição, Amazonino Mendes (PDT), com 25%, veio com 2% a mais, causando confusão na cabeça do eleitor.

O que era pra ser 100%, passou para 102%. O erro (não se sabe se de digitação, já que com números a atenção sempre é redobrada, ainda mais com tal importância, onde envolve o cargo que definirá os rumos do Amazonas), causou indignação e desconfiança em muitos manauaras que, revoltados, chegaram a compartilhar memes nos grupos de Whatsapp.

Questionado sobre o excesso de números estatísticos o empresário Ronaldo Tiradentes disse, em entrevista ao Blog do Mário Adolfo, que não há erro, mas sim um arredondamento das casas decimais.

A explicação é a seguinte: Nenhum candidato tem pontuação precisa. O resultado sempre fica dentro das casas decimais, tipo 0,6 – 0,7. Para facilitar a leitura e entendimento, a DMP arredonda sempre para cima. No arredondamento, o que deveria ser 100% acabou ficando em 102%, o que não anula a seriedade da pesquisa. Quem tenta desqualificar resultado de pesquisa é aquele que não tem competência para estar entre os primeiros. Já estamos habituados a este tipo de questionamento em véspera de eleição. O resultado final da eleição sempre confirma nossos números. Aguardemos o dia 07/10”, justificou o dono da pesquisa.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso