• Prefeitura promove ações de prevenção ao suicídio

    A prevenção ao suicídio será tema de mesas-redondas e rodas de conversa, dentro da programação do “Setembro Amarelo”.
    04/09/2018 16h39 - Atualizado em 4/09/2018 18h41

    Foto: Reprodução


    A prevenção ao suicídio será tema de mesas-redondas e rodas de conversa, dentro da programação do “Setembro Amarelo”, que a Prefeitura de Manaus realizará no próximo dia 10 (segunda-feira), das 13h às 18h, no auditório Senador João Bosco, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na avenida Mário Ypiranga, em alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, celebrado naquela data.

    As atividades, voltadas para estudantes e profissionais da Educação, serão coordenadas pela Gerência da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e reunirão o Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), como ocorre desde 2015.

    A gerente da Rede de Atenção Psicossocial da Semsa, psicóloga Efthimia Simões Haidos, explica que a saúde possui papel fundamental para estimular a conscientização em torno do tema. “Neste caso, o objetivo é sempre promover o diálogo sobre prevenção, identificação de risco, encaminhamentos e práticas de cuidado como parte das ações de prevenção ao suicídio”, destaca Efthimia.

    Programação

    O “Setembro Amarelo” é uma campanha que trabalha a conscientização sobre a prevenção ao suicídio, e discute a realidade desse agravo no país e alternativas para evitá-lo. A programação do mês vai oferecer, ainda, rodas de conversa com adolescentes e estudantes da rede municipal de ensino que ocorrerão durante todo setembro em 22 escolas municipais, conduzidas por psicólogos da secretaria.

    Crescimento estatístico

    A taxa de suicídio, entre 2000 e 2015, teve mais crescimento entre os adolescentes. Dos 10 aos 14 anos, houve aumento de 65% e, dos 15 aos 19 anos, o crescimento foi de 45%. O suicídio já é a quarta maior causa de morte na faixa etária entre 15 e 29 anos, sendo que mais de 90% dos suicídios são evitáveis.

    Programação:

    Tema: ‘Automutilação e Suicídio nas Escolas: Prevenção, Identificação de Riscos, Cuidados e Encaminhamentos’

    14h – 14h20: Abertura

    14h20 –14h50: Tema 1: Automutilação e suicídio: detecção e enfrentamento

    – Alessandra Maraísa Miranda Pereira – Médica Psiquiatra graduada pela Universidade Federal do Amazonas e titulada pela Associação Brasileira de Psiquiatria

    14h50 – 15h30: Tema 2: Relato de experiências dos casos de automutilação e ideação suicida atendidos no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil – CAPSi Leste

    – Lorena Lima da Silva: Psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil – CAPSi Leste

    – Ernandes Matias da Silva: Enfermeiro do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil – CAPSi Leste

    15h30 – 16h: Tema 3: Apresentação do Núcleo de Apoio à Vida Manaus (Navima)

    – Luziane Vitoriano: Psicóloga do Navima

    16h –16h30: Tema 4: Cenário atual das escolas municipais quanto a automutilação e tentativa de suicídio de escolares

    – Maria Eliana Mendes Hayden: Coordenadora das Ações de Prevenção às Violências de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes e Promoção da Cultura de Paz da Rede Municipal de Ensino

    16h30 – 17h: Tema 5: Vigilância em Saúde na Prevenção da Violência Autoprovocada

    – Francinara da Silva Lima: Gerente de Promoção da Saúde da Secretaria Municipal de Saúde

    17h –17h35 Perguntas

    Com informações da assessoria de imprensa


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso