TRE-AM aprova candidatura de Hissa Abrahão ao Senado

O despacho significa que a candidatura de Hissa está confirmada e que ele está regular com a Justiça Eleitoral
12/09/2018 09h18 - Atualizado em 12/09/2018 14h28

Foto: Divulgação


O deputado federal Hissa Abrahão (PDT) teve seu registro de candidatura ao Senado aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) nesta terça-feira, 11. No DivulgaCand, sistema de divulgação de candidaturas e contas eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato já aparece como apto a concorrer a uma das duas vagas pelo Amazonas.

“Confio e continuarei acreditando na nossa Justiça do Amazonas. Agora, vou dar continuidade a minha campanha com mais empenho para representar o povo amazonense com a mesma honradez com que fui julgado e como venho pautado a minha vida pública”, afirmou o candidato.

Segundo nota técnica do DivulgaCand, o deferimento significa, na prática, que a candidatura de Hissa está confirmada e que ele está regular perante a Justiça Eleitoral, com dados e documentação completos, já apreciados pelo juiz eleitoral.

Mestre em Desenvolvimento Regional pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Hissa Abrahão tem 38 anos e é formado em Economia pelo Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa), além de ser pós-graduado em Gestão pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ele disputará uma vaga ao Senado, no próximo dia 7 de outubro, pela coligação ‘Eu voto no Amazonas’, composta pelos seguintes partidos: PDT / PRP / AVANTE / PP / PV / PR / SOLIDARIEDADE / PPS / PTB / PHS / PSL / PPL.

Autossuficiência econômica

Trabalhar para incentivar a autossuficiência econômica do País é uma das principais propostas do candidato Hissa Abraão ao Senado. Para ele, criar linhas de crédito para empresários de diferentes ramos pode ajudar não só o Amazonas, mas todo o País a sair do drama econômico em que vive atualmente.

De acordo com o candidato, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS) e a Caixa Econômica Federal, ligados ao Governo Federal, podem direcionar parte dos recursos para reindustrializar o País.

“Aquele empresário que tem interesse em elevar a escala de produção da sua empresa em dotar a sua empresa com mais tecnologia ou de investir em outros mecanismos e até nos mecanismos de refino, ele vai ter a agilidade para poder resolver isso”, explica Hissa.

Zona Franca e Educação

Sobre a Zona Franca de Manaus (ZFM), o candidato afirmou que é preciso primeiro fortalecer o crescimento econômico do País. “Eu tenho uma luta para que o Brasil cresça economicamente, para que, com isso, haja o incentivo ao consumo das famílias, que acarreta em oportunidades de em todo o quadro de empregos no país, inclusive na Zona Franca”, diz.

Para a educação, o deputado tem projetos para a integração das regiões no interior do Estado com a ‘Universidade do Madeira’. “Hoje nós temos, em alguns interiores, campus da Ufam. A minha proposta é criar uma universidade na região do Rio Madeira, para que ela atenda só os estudantes daquela calha”, explica o candidato.

Além desse projeto, Hissa quer trazer um programa do governo colombiano, onde estudantes de medicina são remunerados durante a residência, na finalização do curso. “Eles seriam remunerados para ir para o interior do estado e terem já esse contato com o povo, com a realidade da profissão”, concluiu.

 

Com informações da Assessoria


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso