• Wilson Lima é mais um forasteiro querendo governar o Amazonas

    O Estado tem em seu histórico dois governadores que não são nativos do Amazonas, os hoje senadores Eduardo Braga e Omar Aziz.
    24/10/2018 14h24 - Atualizado em 25/10/2018 12h15

    Foto: Reprodução


    Redação AM POST

    O candidato ao governo do Estado, Wilson Lima (PSC), nascido em Santarém no Pará, se eleito no segundo turno das eleições deste ano será o segundo paraense a ocupar o cargo de chefe do executivo estadual no Amazonas. O primeiro foi o hoje senador, Eduardo Braga (MDB), que além de governar o Estado também foi prefeito de Manaus.

    Além de Eduardo Braga o Amazonas também foi governado pelo atual senador, Omar Aziz (PSD), que é natural de São Paulo e membro de uma família de ascendência árabe e italiana. Aziz também ocupou o cargo de vereador em Manaus e deputado estadual do Amazonas na década de 1990.

    No Estado do Pará, pelo menos nos últimos 20 anos, os eleitores só permitem que assuma o cargo máximo de sua terra políticos que seja nativo dela, enquanto os amazonenses preferem abrir espaço para serem governados por forasteiros.

    Wilson Lima é mais um exemplo de políticos forjados nos meios de comunicação que por ainda não ter concorrido e ocupado qualquer cargo eletivo, aparece com pouca rejeição mas apresenta um fraco discurso, demonstra carência de ideias, inexperiência administrativa e uma campanha que se resume a uma frase: “A bronca é comigo”.

    O candidato não conseguiu se sair bem em nenhum debate político do primeiro e agora se esquiva de participar dos próximos pro medo de perder eleitores.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso