Jovem que atirou no rosto de policial militar durante assalto é preso na zona centro-oeste de Manaus

O policial militar atingido está aguardando cirurgia.
20/05/2019 14h50 - Atualizado em 20/05/2019 17h08

Foto: Divulgação


Redação AM POST

A equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), prendeu San Oliveira Almeida, 18, por latrocínio. o crime ocorreu no dia 17 de maio deste ano. Na ocasião, San, em posse de uma arma de fogo, entrou em uma loja situada na segunda etapa do bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, e anunciou o roubo. Conforme o delegado, durante a ação criminosa, um policial militar de 35 anos reagiu e acabou alvejado no rosto.

“Após atingir o policial militar, o indivíduo subtraiu a renda do caixa, estimada em R$ 1 mil e, em seguida, deixou o local. Do lado de fora, José Carlos Abreu da Silva, 35, o aguardava em uma motocicleta. Ressalto que José Carlos já foi indiciado durante as diligências. No entanto, quem praticou a ação criminosa dentro da loja e efetuou o disparo foi San”, explicou o delegado Guilherme Torres, titular da DERFD durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (20/5).

Conforme o delegado Demetrius Queiroz, adjunto da DERFD, o mandado de prisão em nome de San foi expedido no dia 17 de maio deste ano, pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 9ª Vara Criminal. “Iniciamos as buscas, logo após a expedição da ordem judicial. Efetuamos a prisão do infrator ainda no mesmo dia, por volta das 17h, no bairro da Paz, zona centro-oeste da capital”, disse.

Convidado pelos delegados que estão à frente da DERFD para participar da coletiva de imprensa, o deputado estadual Péricles Nascimento (PSL), delegado de Polícia Civil licenciado, destacou que o crime que vitimou o policial militar foi similar ao que aconteceu com ele no dia 8 de outubro de 2017, quando respondia da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV) e estava em uma operação policial no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus.

“O policial militar atingido está aguardando cirurgia, e isso recorda o que passei durante o confronto com um grupo de indivíduos que estava sendo investigado por roubo. Na ocasião, fui atingido por um disparo de arma de fogo no maxilar. Hoje a equipe da DERFD está dando mais uma resposta imediata à população, com a prisão desse infrator”, argumentou o parlamentar.

Indiciado
San foi indiciado por latrocínio tentado. Após os procedimentos cabíveis na especializada, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso