• Henrique Oliveira está elegível após ser inocentado pelo TRE-AM

    O ex-vice-governador da gestão de José Melo, afirmou que não descarta a possibilidade de disputar as eleições de 2020.
    06/06/2019 15h03 - Atualizado em 7/06/2019 13h23

    Foto: Reprodução


    Redação AM POST

    O ex-vice-governador Henrique Oliveira (PROS) está elegível após ter sido inocentado do processo que julgou a denúncia de uso da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) em benefício ao então governador José Melo (PROS), nas eleições de 2014. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (6), no Diário Oficial do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

    No entanto, a condenação de José Melo (Pros), do ex-deputado estadual Platiny Soares (PSB) e dos ex-comandantes da Polícia Militar Eliézio da Silva e Aroldo Ribeiro pelo mesmo crime, foi mantida.

    “(Decide o TRE-AM) em conhecer e dar provimento aos embargos declaratórios opostos por José Henrique Oliveira, atribuindo efeito modificativo ao recursos para afastar a pena de inelegibilidade em relação ao Embargante, nos termos da decisão pelo STF, no ARE 1118441-AM”, diz trecho da decisão.

    Questionado acerca dos planos, após a decisão do Tribunal, Henrique afirmou que não descarta a possibilidade de disputar as eleições de 2020, mas ainda não sabe qual cargo concorrerá.

    “Eu tenho condições plenas de continuar concorrendo na política. Quero fazer parte desse novo momento”, afirmou Henrique que também falou sobre mudança de partido. “Eu estou saindo do Pros. Estou no processo de transição para entregar a presidência do Pros para uma nova administração. Eu ficar sem nenhum partido nesse momento e buscar um que me aceite”, disse.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso