Quelônios apreendidos pela polícia são devolvidos a habitat natural em Itacoatiara

As tartarugas estavam sendo expostas para comercialização em torno de R$ 350.
28/08/2019 17h00 - Atualizado em 29/08/2019 14h49

Foto: Divulgação


Redação AM POST –

A equipe de policiais civis lotados na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itacoatiara, sob coordenação do delegado Paulo Barros, titular da unidade policial daquele município, distante 176 quilômetros em linha reta da capital, apreendeu na manhã desta quarta-feira (28/08), por volta das 11h, dez tartarugas. A apreensão foi efetuada no bairro São Francisco, naquela cidade, onde os quelônios estavam sendo expostos para comercialização. Os animais já foram devolvidos ao habitat natural, pela equipe do DIP de Itacoatiara.

De acordo com a autoridade policial, cada tartaruga estaria avaliada em torno de R$ 350. De acordo com diligências realizadas pela equipe policial, o indivíduo responsável pela captura dos animais mora no estado do Pará, e, por trabalhar em uma embarcação, visita o município supracitado constantemente, trazendo consigo tartarugas para serem comercializadas na cidade, por um comparsa.

“Por meio de denúncia anônima chegamos ao local delatado, onde nossa equipe constatou que havia dez tartarugas sendo comercializadas pelo preço de R$ 350. Recolhemos imediatamente os animais e os levamos de volta para o habitat natural deles. Infelizmente, os infratores responsáveis pela captura e venda dos répteis não estavam mais no local”, explicou Barros.

Conforme o delegado Paulo Barros, um Inquérito Policial (IP) foi instaurado e as investigações irão continuar até que os responsáveis pela caça e comercialização dos animais sejam localizados e indiciados por crimes ambientais.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso