Wilson Lima ganha destaque na mídia nacional por articulação com o governo federal para resolver problema de queimadas na Amazônia

O governador destacou que as queimadas são situações pontuais e não algo generalizado mas que apontam para problemas que se arrastam há muito tempo.

Redação AM POST –

Por determinação do presidente Jair Bolsonaro uma comitiva de ministros, secretários e técnicos do governo federal esteve em Manaus nessa terça-feira (3) para reunir-se com os governadores do Amazonas, Wilson Lima, do Acre, Gladson Cameli, de Roraima, Antonio Denarium, e de Rondônia, Marcos Rocha, que fazem parte da Amazônia Oriental. Foram ouvidas as demandas da região e planejadas ações conjuntas no enfrentamento de incêndios e queimadas no norte do país.

Após a reunião o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que os trabalhos da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Amazonas, previsto para acabar em 24 de setembro, serão mantidos por mais tempo e que outras ações discutidas na reunião receberão encaminhamentos. O fato ganhou destaque na mídia nacional e mostrou o protagonismo do governador Wilson Lima na condução da solução do problema de desmatamento na região.

“O que nós estamos discutindo, sobretudo aqui, é que ações serão tomadas para evitar que aconteça o desmatamento ilegal. Daí a necessidade de se resolver problemas que se arrastam há muito tempo, entre eles, regularização fundiária, por exemplo, zoneamento econômico ecológico, para definir quais as áreas de interesse econômico e preservação ambiental”, disse Lima ao destacar que as queimadas são situações pontuais e não algo generalizado.

O governador do Amazonas disse que o processo para iniciar o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) da região do Purus, no Amazonas, já está assinado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, e está na Casa Civil para ser assinado, também, pelo presidente da República.

“É um instrumento que vai fazer o levantamento das áreas de potencial econômico e de interesse ambiental. Esse zoneamento inclui a possibilidade de o produtor aumentar a sua área de produção além dos 20% previstos na legislação ambiental. E também o fortalecimento de estratégias para o desenvolvimento sustentável”, afirmou Wilson Lima.

Wilson Lima ressaltou, ainda, que há avanços em relação ao Fundo Amazônia. “Já temos uma sinalização positiva do Governo Federal, do reestabelecimento desses recursos do Fundo Amazônia, com um outro modelo de governança, com participação mais efetiva do Governo Federal e dos estados da Amazônia. Será diferente de como estava acontecendo, em que muitos projetos que vieram para a Amazônia foram decididos por técnicos que nunca estiveram na região”, disse.

Durante a reunião Wilson Lima apresentou relatório de monitoramento das queimadas ilegais no estado e destacou as medidas tomadas para o combate aos focos de incêndio e os resultados obtidos desde março deste ano, quando o Governo do Amazonas intensificou o monitoramento. Entre os dados atualizados apresentados pelo governador, está a redução, nos primeiros dois dias de setembro, de 24% nos focos de calor, em relação ao registrado em igual período de 2018. O balanço também aponta que, neste ano, 86% das queimadas se concentram na região sul do Amazonas.

Veja a fala do governador em alguns telejornais que noticiaram a reunião:
JORNAL DA BAND

JORNAL DA GLOBO