Idoso é morto a pedradas e chutes após estuprar sobrinha-neta de 11 anos

Ele foi encontrado pela polícia ainda com vida, agonizando e com traumatismo craniano, mas morreu no hospital.
06/11/2019 16h44 - Atualizado em 6/11/2019 16h44

Foto: Reprodução


Um homem de 70 anos foi espancado até a morte após estuprar uma menina de 11 anos na cidade de Januária, no Norte de Minas Gerais. Segundo a polícia, Joaquim Alves Pereira foi agredido por vizinhos após puxar a criança, que era sobrinha-neta dele, para dentro de casa, tirar a roupa dela e acariciá-la.

A menina, que também era vizinha do idoso, reagiu e começou a gritar, chamando atenção de quem passava na rua. O homem foi levado para o quintal de casa, levou chutes e pedradas até a polícia chegar.

O idoso foi encontrado ainda com vida, agonizando e com traumatismo craniano. Ele foi socorrido ao hospital, mas não resistiu e morreu.

Um inquérito foi aberto e as pessoas envolvidas no espancamento responderão pelo crime de homicídio se forem identificadas. O estado de saúde da menina vítima do abuso sexual não foi divulgado.

Fonte: O Dia


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso