Luciano Hang diz que não colocaria seu filho em universidade pública porque transforma estudantes em comunistas

O empresário disse que os universitários são doutrinados a “serem zumbis”.

Redação AM POST*

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, criticou no último sábado (9) às universidades públicas brasileiras durante inauguração de uma de suas lojas em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Ele também revelou que não colocaria seu filho em uma instituição dessas pois, segundo ele, transforma estudantes em comunistas.

“Eu, Luciano, não colocaria meu filho em uma universidade pública porque você educa seu filho e ele volta um comunista, não quer trabalhar e quer atrapalhar quem faz” afirmou Hang que também disse que os universitários são doutrinados a serem zumbis.

“As pessoas que vão às universidades federais são doutrinadas para serem zumbis, para trabalharem dentro do governo e atrapalharem a iniciativa privada, para ser contra o empreendedor, para ser contra quem gera riqueza neste país”, completou.