Após vazamento de prints, nome de deputado é envolvido em suposta armação de protesto contra o governo do AM

Wilker Barreto divulgou nota em suas redes sociais afirmando que tudo não passa de uma fake news.

Redação AM POST*

O nome do deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) foi envolvido em uma suposta armação de protesto contra a gestão do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), após vazamento nesta sexta-feira (27) de conversa em um grupo no Whatsapp nomeado de “#foraWilson/MBL” que seria entre assessores diretos do parlamentar na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

De acordo com os prints, um dos assessores identificado na conversa como “Rogério/Wilker”, que seria Rogério Aguiar, responde para um contato chamado “Raíssa Movimen” que “precisa de no máximo 100 pessoas com patrocinio de 30 reais”. Além disso a conversa também envolve o nome do chefe de gabinete de Wilker Barreto na ALE-AM, Orleans Murilo, como alguém que daria a Rogério dinheiro para pagar camisas supostamente da manifestação.

Wilker Barreto divulgou nota em suas redes sociais afirmando que tudo não passa de uma fake news espalhada pelo governo do Estado, envolvendo o nome de pessoas que trabalham com ele. “O que tenho a dizer é: para que está feio!”, declarou.

Veja vídeo:

Os envolvidos também se manifestaram sobre o caso. Rogério Aguiar publicou um vídeo em suas redes sociais negando que seja ele a pessoa descrita nas conversas e Orleans Murilo disse em nota que não prometeu nada a ninguém para participar de qualquer mobilização social. Ambos negaram qualquer envolvimento com o Movimento Brasil Livre (MBL).

Veja vídeo:

O Governo manda blogs espalharem Fake News! O caos que acontece no Amazonas é reflexo desse tipo de ação. Estão preocupados com a boquinha, deveriam se preocupar com a saúde do povo.

Posted by Rogério Aguiar on Friday, December 27, 2019

*Com informações da Agência AM1