Jovem é preso após matar e atear fogo na própria mãe

A motivação para o crime seria porque a vítima teria negado dar valor de R$ 10 reais para o suspeito.

Um jovem identificado como Paulinho Cabreira, 19 anos, foi preso neste sábado (28) depois de ter contado à polícia que estuprou, matou e queimou o corpo da própria mãe. O caso aconteceu na casa do namorado da vítima, em Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Segundo a Polícia Civil do estado, o corpo de Marina Cabreira, de 42 anos, foi encontrado queimado em uma casa localizada no Bairro Parque Alvorada, sendo identificadas perfurações em seu tórax provenientes de golpes de faca, segundo a polícia. A motivação para o crime seria porque a vítima teria negado dar valor de R$ 10 reais para o suspeito.

A polícia informou que em um novo depoimento neste sábado, Paulinho confessou que a sua mãe, embriagada, dormiu no chão da sala, momento em que ele passou a estuprá-la. Durante o estupro a vítima acordou, sendo então esfaqueada por ele, que decidiu matá-la, e ateou fogo no corpo. Antes de ir embora levou um radio do namorado de Mãe.

Continua depois da Publicidade

Ainda segundo o site, durante o interrogatório o suspeito mostrou-se preocupado com o destino de R$ 2 mil, valor que a sua mãe teria depositado em uma conta bancária.

Fonte: G1