Assembleia Legislativa diz que não autorizou reajuste salarial para o alto escalão do governo do AM

Segundo a instituição, o governo tomou medidas que ultrapassam o que está previsto no projeto enviado ao Parlamento Estadual.
09/01/2020 14h55 - Atualizado em 10/01/2020 12h32

Foto: Divulgação


Redação AM POST*

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) afirmou em nota enviada à imprensa nesta quinta-feira (9) que não autorizou reajuste salarial de 225% para o alto escalão do governo do Estado e que o mesmo tomou medidas que ultrapassam o que está previsto no projeto enviado ao Parlamento Estadual.

De acordo com nota, o aumento também não conta na “Lei Delegada”, aprovada pelos deputados estaduais, que transfere poderes do Legislativo ao Executivo.

Nesta manhã, o governador Wilson Lima anunciou a revogação do dispositivo da lei e disse que a atitude é um reconhecimento do Governo de que é necessário manter medidas de austeridade para recuperação sustentável do equilíbrio das contas estaduais.

“Em nenhum momento houve ilegalidade na mudança do critério de remuneração, não houve aumento na folha de pagamentos, mas decidimos dar um passo atrás, conversando pessoalmente os deputados da base aliada, com as pessoas nas minhas redes sociais. Entendemos que continuamos no processo de austeridade e, por isso, o aumento está revogado”, disse Wilson Lima.

Leia nota da Aleam:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso