• Dono de fábrica de recuperação de transformadores elétricos é preso por furto de energia elétrica

    O prejuízo estimado é de R$ 80 mil à concessionária de energia.
    22/01/2020 18h06 - Atualizado em 22/01/2020 18h06

    Foto: Divulgação


    Redação AM POST*

    Policiais civis da Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), sob a coordenação do delegado Paulo Benelli, titular da unidade policial, prenderam em flagrante um empresário de 44 anos por furto de energia elétrica. A prisão aconteceu na manhã de terça-feira (21/01), por volta das 10h, durante inspeção em uma fábrica de recuperação de transformadores elétricos, na rua Careiro Castanho, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

    Conforme a autoridade policial, a concessionária Amazonas Energia já havia realizado alguns cortes de energia elétrica pelo não pagamento da conta na fábrica do indivíduo. Porém, apesar de todos os cortes no local, o infrator voltava a religar de forma clandestina, caracterizando o crime.

    “Iniciamos as diligências e, durante inspeções no local, juntamente com a equipe da concessionária, identificamos ligações irregulares sem o medidor, ligadas diretamente com a ligação trifásica, o que causou o prejuízo estimado de R$ 80 mil à concessionária de energia”, explicou Benelli.

    Flagrante – Conduzido à sede da DECFS, o homem foi autuado em flagrante por furto de energia elétrica. Ao término dos procedimentos cabíveis, o infrator foi liberado após pagar fiança no valor de R$ 3 mil. Ele irá responder ao processo em liberdade.

    Disque–denúncia – O delegado pede que as pessoas que forem vítimas ou tiverem conhecimento sobre delitos relacionados a furto de energia elétrica realizem delações por meio do número (92) 3622-7837, o disque-denúncia da especializada, ou formalizem pessoalmente no prédio da DECFS, que fica situada na rua Libertador, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da capital.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso