Em Itacoatiara, homem é preso por tocar em partes íntimas de criança

O infrator foi preso em via pública, próximo à casa onde mora.
02/01/2020 18h55 - Atualizado em 2/01/2020 18h55

Foto: Reprodução


Redação AM POST

Eliezio Barbosa da Silva, 32, conhecido como “Ézio” foi preso no início da tarde desta quinta-feira (02/01), por volta do meio-dia, no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros em linha reta da capital), em cumprimento de mandado de prisão por sentença condenatória por atentado violento ao pudor ocorrido em 2006.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, que está respondendo interinamente pela titularidade do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o infrator foi preso em via pública, próximo à casa onde mora, situada no bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus. Na ocasião do delito, o homem residia no município acima mencionado, quando tocou as partes íntimas de uma criança do lugar.

Conforme o delegado, os policiais civis chegaram até o infrator por meio de denúncias anônimas feitas ao número 181, o disque-denúncia da Secretária de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), informando a localização dele.

“Assim que tomamos conhecimento dessa situação, entramos em diligências pra localizar o indivíduo, momento que ele foi preso em via pública, próximo à casa dele. A ordem judicial em nome de Eliezio, foi expedida no dia 23 de julho de 2013, pelo juiz Odílio Pereira Costa Neto, do Juízo de Direito da Terceira Vara da Comarca de Itacoatiara”, relatou Cunha.

Condenação
Eliezio foi condenado a mais de seis anos de reclusão. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para a audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso