Veja o momento em que corpo de acusado de estupro foi queimado em Fonte Boa

No vídeo é possível ver que até adolescentes entre 12 e 14 anos participam do linchamento.
18/01/2020 15h08 - Atualizado em 19/01/2020 15h18

Foto: Reprodução


Redação AM POST

Foi compartilhado nas redes sociais o momento em que populares do município de Fonte Boa (distante 678 km de Manaus) atearam fogo no corpo de Ronald Gomes Borges, de 28 anos, que foi preso após estuprar e matar asfixiada, uma menina identificada como Elcleciane Nascimento Duarte de 10 anos.

Revoltada, a população invadiu a delegacia do município e arrancou o homem de dentro da cela em que estava detido aguardando ser transferido para a capital, onde iria ficar à disposição da Justiça para os procedimentos cabíveis.

O suspeito de estupro foi espancado a pauladas e pedradas até a morte, depois foi esquartejado e queimado em uma grande fogueira feita pela população da cidade. No vídeo é possível ver que até adolescentes entre 12 e 14 anos participam do linchamento.

Veja vídeo:

Investigação
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) enviou reforço policial para o município e já iniciou as investigações para identificar quem foram os autores do homicídio de Ronald.

“A delegacia foi apedrejada, a viatura da PM foi danificada. O Estado não pode permitir que a população promova essa desordem, o Estado tem que se posicionar, então essas pessoas serão identificadas e serão punidas, pois também cometeram crime. Estamos enviando policiais para apurar os fatos, vamos identificar nas imagens, se tiver que efetuar a prisão em flagrante de quem fez isso, vamos efetuar, senão vamos trabalhar com prisão preventiva. Os detalhes estão sendo apurados”, afirmou o delegado geral adjunto, Orlando Amaral.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso