Vídeo sobre furto de energia elétrica na sede do PT em Manaus viraliza na internet

Amazonas Energia, disse em nota que a sede do partido na capital teve a energia cortada duas vezes neste mês.
16/01/2020 16h52 - Atualizado em 17/01/2020 13h20

Foto: Reprodução


Natan Gaia – Redação AM POST

Circula em grupos de Whstasapp, vídeo gravado por um homem, não identificado, na frente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), localizado na Avenida Constantino Nery, em que ele afirma que a concessionária Amazonas Energia cortou nessa quarta-feira (15) a energia elétrica do prédio após ter encontrado furto de energia, popularmente conhecido como “gato”.

“Eu observo que eles [funcionários da Amazonas Energia] estão contando a energia, perguntei do rapaz e ele me falou que estão contando porque eles [PT] estão desviando energia, ou seja eles colocaram um gato aqui. Ai vocês tiram as conclusões de vocês. Eu to fazendo aqui meu trabalho. Denunciando. Mais uma denúncia contra esse pessoalzinho ai”, diz o homem no vídeo.

Veja vídeo:

A notícia teve repercussão nacional e foi replicada pelo site O Antagonista que afirma, baseado em confirmação da Amazonas Energia, que o diretório do PT teve a energia cortada duas vezes neste mês. Sendo a primeira, por falta de pagamento e a segunda por fazer furto de energia.

“Em 6 de janeiro houve corte no fornecimento de energia na unidade consumidora citada por débitos, e, na última quarta-feira (15), foi realizada uma inspeção, e o estabelecimento encontrava-se auto religado, tendo o fornecimento de energia suspenso novamente. A Distribuidora informa que encontra-se à disposição para negociações”, diz nota da concessionária enviada ao site.

Resposta do PT
Procurado pela reportagem do Portal AM POST o diretório municipal do partido informou por meio de sua assessoria de imprensa que desconhece tal denúncia e que tomou conhecimento do caso após repercussão do vídeo na internet, pois o PT está de recesso. Ainda segundo a legenda, o setor jurídico tomará providências.

A Assessoria do partido questionou também o fato de um funcionário da concessionária passar informações de seus clientes, à terceiros principalmente alguém que por ali passava. Além disso o PT informou que seus representantes jurídicos já foram duas vezes na Amazonas Energia falar sobre o caso e não foram atendidos.

Leia nota do PT na íntegra:
NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Partido dos Trabalhadores do Amazonas (PT/AM), informa que já está tomando as devidas providências mediante a notícia anunciada através de um vídeo divulgado até o momento por alguém sem identificação, relatando de forma tendenciosa um corte de energia na Sede do Partido.

O PT/ AM, que tem sede na Av. Constantino Nery, entrou de férias no dia 20 de Dezembro de 2019, e retoma os trabalhos na próxima segunda-feira (20).

Diante do exposto, mesmo em
período de recesso, nesta quinta-feira (16), a equipe jurídica do PT se fez presente na Sede da Amazonas Energia por duas vezes, uma as 9:30h da manhã e as 12h da tarde, entretanto não obteve êxito para relatar sobre o assunto.

O advogado e vice-presidente do PT, Thiago Medeiros, disse que houve má fé do funcionário da Manaus Energia, ao filmar e divulgar um suposto corte por ‘gato’ inexistente, uma vez que a Sede do Partido encontra-se fechada desde o dia 20 de dezembro em recessos de final de ano. O funcionário também será acionado judicialmente.

O PT Municipal está coletando imagens de câmara de vigilância de vizinhos e vai confirmar, através de imagens solicitadas por ofício ao Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) da Polícia Militar.

Se confirmar que o funcionário fez a imagens com a intenção de denegrir a imagem do Partido por questões ideológicas, ele será processado por divulgação de informações sigilosas entre a empresa fornecedora e o cliente consumidor.

Thiago disse que é comum funcionários da Manaus Energia visitarem a sede da instituição pelo menos uma vez por mês, para ver a situação do quadro de energia. “É uma forma de procurarem responsabilizar o PT por algum motivo, mesmo que seja fútil”, lamentou.

“Se cortaram não foi avisado e nem sabemos se aconteceu realmente o corte. Se religaram, ninguém sabe quem foi que fez isso e, muito menos, porque cortaram novamente e ainda filmaram para divulgar nas redes sociais. Eles vão ter que responder por isso”, finalizou o advogado Thiago Medeiros.

Um documento também foi constituído cobrando explicações como:

1- Motivo pelo qual a empresa estava no endereço do requente?
2- Se foi encontrado Algum tipo de irregularidade na unidade consumidora ?
3- Por qual motivo não foi entregue notificação informando o teor da possível irregularidade, caso exista?
4- Qual o motivo de o funcionário da concessionária informar alguém que passava pela rua ?

A Direção informa ainda que amanhã estará novamente buscando esclarecimentos sobre o ocorrido na Amazonas Energia.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso