De 60 motoristas flagrados dirigindo alcoolizados, dois são presos no final de semana pré-Carnaval em Manaus

Os condutores foram detidos por embriaguez ao volante.
17/02/2020 09h29 - Atualizado em 17/02/2020 16h55

Foto: Divulgação


Redação AM POST*

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) flagrou, no final de semana pré-Carnaval, 60 motoristas dirigindo sob efeito de álcool em Manaus. Dois motoristas foram presos por embriaguez ao volante. As ocorrências foram registradas entre sexta-feira (14/02) e a madrugada desta segunda-feira (17/02), em diversas zonas da cidade, de forma itinerante em cada dia.

O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, ressalta que as operações fazem parte da estratégia do sistema de segurança pública para reduzir o número de vítimas fatais no trânsito. Em janeiro deste ano, o Amazonas registrou o menor número de vítimas fatais no trânsito em oito anos. O objetivo também é promover a ordem e bem-estar social no trânsito, além de eventuais autuações quanto ao cometimento de infrações penais.

No Amazonas, a fiscalização da Lei Seca ocorre por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, Polícia Civil e Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran). Durante os três dias da operação, 922 de motoristas foram submetidos ao teste de alcoolemia e 235 multas aplicadas. Cinquenta e oito veículos foram removidos ao parqueamento do órgão por diversas irregularidades, sendo 32 carros e 26 motocicletas. Além das infrações, 58 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 43 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLVs) foram recolhidos.

Os veículos recolhidos foram removidos para o Parqueamento do Detran-AM, localizado no bairro Planalto, zona centro-oeste de Manaus, até que os proprietários regularizem as pendências.

A industriária Jacqueline Costa foi abordada durante a fiscalização e parabenizou pela iniciativa. “Essa operação, é muito necessário que seja feita na cidade de Manaus, por conta de todas as situações que a gente vem sofrendo de abuso de trânsito, das pessoas nao levarem a sério. É mais do que dever da população tomar consciência de que é necessário respeitar as normas de trânsito”, reforçou Jacqueline.

Lei Seca
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a penalidade para quem dirige embriagado é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se o condutor cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado. A Lei Seca não permite a direção de veículos sob efeito de qualquer quantidade de bebida alcoólica ingerida pelo condutor. Caso o índice seja de 0,34 mg/L, o motorista é preso em flagrante.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso