Motorista de aplicativo é denunciado por se masturbar durante corrida

Homem ainda disse que a passageira não precisaria pagar a viagem caso se exibisse com as pernas abertas.
27/02/2020 20h06 - Atualizado em 27/02/2020 20h06

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

Uma passageira de um aplicativo de trasporte denunciou um motorista da plataforma por ter se masturbado na frente dela durante viagem ocorrida na madrugada dessa quarta-feira (26/02), por volta de 5h. A Polícia Civil do Distrito Federal, onde ocorreu a importunação sexual, investiga o caso e deverá intimar o homem nos próximos dias para prestar depoimento.

De acordo com a mulher ela estava acompanhada de uma amiga que desceu em determinado ponto do trajeto e foi quando as investidas do profissional começaram. Ambas trabalham em um bar por isso costumam usar o serviço de transporte na madrugada.

A vítima afirma que o motorista propôs que a corrida fosse paga com a mulher mostrando suas pernas aberta enquanto ele se masturbava.

Ainda segundo a passageira, mesmo recusando a proposta, o motorista se masturbou enquanto falava com ela e só parou quando chegou no fim do destino, à residência da vítima. Para tentar reduzir o constrangimento, ela relata, que ele pediu desculpas e seguiu viagem.

*Com informações do Metrópoles


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso