Vanessa Grazziotin cobra ministro da Justiça em rede social: “Fala aí Moro”

Ela fez questionamento sobre possível proteção à bandidos milicianos “ligados ao clã dos Bolsonaros”.
01/02/2020 10h07 - Atualizado em 2/02/2020 11h26

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

A ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) usou as redes sociais na manhã deste sábado (1º) para cobrar explicações do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, sobre possível proteção à bandidos milicianos “ligados ao clã dos Bolsonaros” que não constam na lista dos criminosos mais procurados no país, divulgada na última quinta-feira (30). A lista, que será permanente, envolve pessoas acusadas de crimes graves e violentos, que estão com mandados de prisão em aberto e são ligados a organizações criminosas.

A comunista usou uma reportagem do jornal Folha de São Paulo que tem o título: “Moro deixa miliciano ligado a gabinete de Flávio Bolsonaro fora de lista de mais procurados“, e disse que antes de expressar qualquer juízo de valor contra o ministro vai aguardar suas explicações. “Fala aí Moro”, cobrou ela.

Segundo a reportagem, o Ministério da Justiça, alegou que o ex-capitão Adriano da Nóbrega, acusado de comandar a mais antiga milícia do Rio de Janeiro e suspeito de integrar um grupo de assassinos profissionais do estado, não foi incluído porque “as acusações contra ele não possuem caráter interestadual, requisito essencial para figurar no banco de criminosos de caráter nacional”.

Nos comentários da publicação, Vanessa, foi criticada por alguns internautas. “Aguardo as suas explicações??? Quem é você mesmo??? Á lembrei você é aquela candidata que só aparece em anos de eleições que quando é eleita some e que enriqueceu na política e vive gritando Lula livre”, escreveu um seguidor.

Veja postagem:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso