Zé do Caixão, morre aos 83 anos de broncopneumonia

Ele estava internado em um hospital na zona leste de São Paulo.
19/02/2020 19h29 - Atualizado em 19/02/2020 19h29

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

O ator e cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão, de 83 anos de idade, morreu nesta quarta-feira (19) em São Paulo em decorrência de uma broncopneumonia.

Zé do Caixão estava internado no hospital Santa Maggiore, no bairro da Mooca, zona leste de São Paulo. Detalhes sobre velório e enterro ainda não estão confirmados.

O apelido de Zé do Caixão veio do seu personagem mais famoso, surgido em um pesadelo do cineasta em que ele era um agente funerário sádico que aterrorizava uma pequena cidade, desejoso de ser pai de uma criança perfeita. Para isso, precisava encontrar uma mulher tão perfeita quanto ele e estava disposto a matar quem cruzasse seu caminho.

Apesar da fama, ele nunca ganhou muito dinheiro com o terror. Virou figura folclórica, enveredou por diversos gêneros (até pornô). Apresentou o Cine Trash na TV Bandeirantes, comandou O Estranho Mundo de Zé do Caixão no Canal Brasil. Muitos estudiosos avaliam que José Mojica Marins não foi apenas um nome visceral do cinema brasileiro mais popular. Por seus métodos de produção e pelas ligações na Boca do Lixo, ele também teria sido decisivo para a eclosão do cinema marginal.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso