Após pronunciamento de Bolsonaro, Wilson Lima diz que não vai revogar decretos para evitar contágio do coronavírus

Presidente minimizou a situação e disse que a mídia causou histeria em todo o país.
25/03/2020 12h07 - Atualizado em 25/03/2020 16h59

Foto: Reprodução


Redação AM POST

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), gravou um vídeo falando sobre seu posicionamento após o presidente Jair Bolsonaro dizer em pronunciamento na noite desta terça-feira (24) que as cidades tem que voltar a normalidade durante pandemia de coronavírus (Covid-19) por conta da economia.

Segundo Bolsonaro, a mídia causou uma histeria em todo o país após divulgar o número de mortos pela doença na Itália. Para o mandatário os governadores devem abandonar o conceito de terra arrasada e o confinamento em massa pois o grupo de risco, são os idosos de 60 anos para cima, raro é o caso de pessoas sãs contaminadas.

Wilson Lima em vídeo postado nas redes sociais, se pronunciou contra a fala do presidente e afirmou não voltar atrás nos devidos cuidados tomados para evitar mais contágios. Afirmou ainda, que não irá cancelar os decretos impostos que evitam aglomerações, circulação de veículos, bares e praças de alimentação suspensos, entre outros.

“A minha posição é muito clara. Não vamos voltar atrás em nenhuma decisão que foi tomada pelo Estado do Amazonas. Até porque elas foram tomadas de maneira responsável e seguindo o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde do Governo Federal”, declarou o governador.

Veja o vídeo:

Não vamos voltar atrás de nenhuma das medidas restritivas tomadas em decorrência do coronavírus. Minha prioridade é proteger o povo do estado do Amazonas.

Gepostet von Wilson Lima am Dienstag, 24. März 2020


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso