Família tenta localizar jovem que desapareceu no bairro Tarumã

O rapaz possui três tatuagens, sendo uma no braço direito, com o desenho de uma favela; outra no pescoço, com a descrição “Angelo Mikael”, e a terceira, uma palavra ilegível no tórax.
16/03/2020 18h52 - Atualizado em 16/03/2020 18h52

Foto: Divulgação


Redação AM POST*

Policiais civis da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops) registraram na tarde desta segunda-feira (16/03), por volta das 14h50, Boletim de Ocorrência (BO) sobre o desaparecimento de Miquéias Nascimento de Oliveira, 22, ocorrido na última sexta-feira (13/03), quando saiu da casa da mãe dele, por volta das 16h, situada no bairro Tarumã-Açu, zona oeste da cidade.

Segundo consta no BO, a mãe do desaparecido, Antônia Nascimento, relatou que o filho passou em sua casa, após concluir um serviço que estava prestando na residência de uma vizinha dela, localizada no beco Anis, na comunidade União da Vitória, do bairro e zona mencionados, e posteriormente, Miquéias saiu sem informar para onde iria. Desde então, os parentes não tiveram mais informações sobre o paradeiro dele.

A mulher informou, ainda, que o jovem possui três tatuagens, sendo uma no braço direito, com o desenho de uma favela; outra no pescoço, com a descrição “Angelo Mikael”, e a terceira, uma palavra ilegível no tórax.

A delegada Catarina Torres, titular da Especializada, solicita a quem tiver informações sobre a localização do jovem que entre em contato com os servidores da Deops pelo número (92) 3214-2268, ou entre em contato com a família pelos números (92) 99303-2876 ou 99251-7958.

A Deops está situada nas dependências da Delegacia Geral, na Avenida Pedro Teixeira, 180, bairro Dom Pedro, em frente ao Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo), zona centro-oeste da cidade.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso