• Defesa de Rafael Fernandez quer que ele cumpra prisão domiciliar

    O réu confesso, está isolado dos outros presos.
    18/05/2020 12h19 - Atualizado em 18/05/2020 18h50

    Foto: Reprodução


    Redação AM POST

    A defesa de Rafael Fernandez, de 31 anos, responsável pelo assassinato da Miss Manicoré, Kimberly Mota, de 22 anos, entrou com pedido de prisão domiciliar para minimizar as penas sobe acusado. O pedido seguiu para análise e o processo é acompanhado pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM).

    O réu confesso, está isolado dos outros presos e deve cumprir quarentena pelos próximos 15 dias como medida de segurança, devido a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Ele também foi submetido ao teste rápido para Covid-19 e o resultado deve ser encaminhado imediatamente para o magistrado.

    Na tentativa de impedir a prisão temporária se converta a prisão preventiva, os advogados do réu apresentaram o pedido para Rafael cumprir prisão domiciliar. O pedido está em análise no MPAM que, até o momento, não se pronunciou sobre o caso.

    Fernandez foi capturado, na última sexta-feira (15), em um casebre em área de mata na fronteira com a Venezuela, na cidade de Pacaraima/Roraima. Tentando fugir do país.

    Ele está cumprindo prisão temporária no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), situado no quilômetro 8 da BR-174.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso