Mãe de Rafael Fernandez é barrada ao tentar entrar no apartamento em que Miss Manicoré foi assassinada

A mulher iria passar a noite no imóvel e arrumar as coisas do filho.
19/05/2020 11h43 - Atualizado em 19/05/2020 19h31

Foto: Reprodução


Redação AM POST

Fátima Fernandez, mãe de Rafael Fernandez, acusado de assassinar a Miss Manicoré, Kimberly Mota, de 22 anos, chegou a Manaus na noite dessa segunda-feira (18) e se envolveu em uma confusão na porta do prédio onde o filho morava, um residencial na avenida Joaquim Nabuco, Centro de Manaus.

Segundo Fátima, ela veio à Manaus a pedido de um delegado e entrou em contato previamente com a proprietária do apartamento informando sobre a sua chegada, no entanto, foi barrada no imóvel e impedida de entrar mesmo com o aluguel do mês quitado. Ela iria passar a noite e organizar as coisas de seu filho.

No fim, os policiais orientaram que a mulher procurasse outro lugar para descansar e procurasse a delegacia de homicídios que está responsável pelo caso. Todos os objetos pessoais de Rafael permanecem no apartamento que foi cena do assassinato.

No apartamento foi encontrado o corpo esfaqueado da modelo e finalista do Miss Amazonas Be Emotion 2019, Rafael a matou por ciúmes e em seguida tentou fugir, mas depois de três dias foi detido em um casebre na fronteira com a Venezuela tentando sair do país e ficar impune no crime.

*Com informações do Portal do Holanda


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso