Rafael Fernandez tem prisão preventiva decretada

Com a medida, ele não tem previsão para ser liberado até que as investigações estejam concluídas.
22/05/2020 12h48 - Atualizado em 22/05/2020 17h51

Foto: Reprodução


Redação AM POST

A juíza Priscila Maia Barreto, da Central de Inquéritos de Manaus, decretou prisão preventiva de Rafael Fernandez, de 31 anos, acusado de matar a Miss Manicoré, Kimberly Mota, de 22 anos. A magistrada seguiu parecer do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para determinar a medida.

O acusado está detido desde o último dia 15 de maio quando foi capturado em Pacaraima, tentando fugir para Venezuela e estava cumprindo prisão temporária que tinha duração de 30 dias.

Com a prisão preventiva, Rafael não tem previsão para ser liberado até que as investigações estejam concluídas.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso