“Seu sonho é fazer uma ditadura, mas ele é burro demais”, diz Arthur Neto sobre Bolsonaro

O prefeito também disse que o presidente é “responsável” pelas mortes por Covid-19 no Brasil.
25/05/2020 09h41 - Atualizado em 25/05/2020 20h32

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), deu entrevista ao canal CNN e acusou o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) de ser “responsável” pelas mortes por Covid-19 no Brasil.

“Ele tem cumplicidade com as mortes de coronavírus no Brasil. Ele é responsável. Seu sonho é fazer uma ditadura, mas ele é burro demais”, disse o prefeito.

O tucano também fez uma recomendação a Bolsonaro. “Senhor presidente Bolsonaro, por favor, cale a boca e fique em casa. Se demita. Ele não governa o Brasil”, declarou.

Bolsonaro insultou e xingou Arthur em vídeo de reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgado na última sexta-feira (22) após decisão do ministro do STF Celso de Mello. Nas imagens o tucano é chamado de “prefeitinho lá do fim mundo”, “bosta” e criticado por medidas de combate à pandemia da Covid-19.

De acordo com a CNN, Arthur Neto, vai entrar com queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) por difamação contra Bolsonaro. Ele também disse que a reunião ministerial “era para ser tratada num bordel”.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso