• Sikêra Jr fala sobre liberação do uso da cloroquina e critica esquerda

    Outro alvo de críticas do comunicador foi a imprensa que, conforme ele, tenta fazer terrorismo com o povo brasileiro.
    19/05/2020 14h34 - Atualizado em 20/05/2020 15h46

    Foto: Reprodução


    Redação AM POST

    O apresentador Sikêra Jr, do programa Alerta Nacional, da emissora Rede TV, fez uma live em sua conta no Instagram no último domingo (17), para falar sobre diversos assuntos relacionados ao novo coronavírus (covid-19). Em um dos trechos, o jornalista comemorou a liberação do uso da cloroquina e criticou o posicionamento da esquerda contra o medicamento.

    Segundo Sikêra, os apoiadores do PT (Partido dos Trabalhadores), não ficam satisfeitos com as decisões tomadas e apenas reclamam. Outro alvo de críticas do comunicador foi a imprensa que, conforme ele, tenta fazer terrorismo com o povo brasileiro.

    “Eles (esquerdistas) querem liberar tudo o que não presta, remédio não, se arrumar cura, o povo da esquerda fica contra, mas não escuta não, você não é psiquiatra. São todos doentes” disse.

    “Eles (imprensa) querem grana. Enquanto não liberar dinheiro, eles vão continuar tentando fazer terrorismo com o povo brasileiro. A Covid é perigosa, digo isso porque eu passei e estou passando por isso, mas os números são muito mentirosos. Eles querem somente manipular a cabeça da sua mãe, do seu pai, fazer terrorismo até soltarem grana, quando isso acontecer, a doença acabou” afirmou Sikêra.

    No vídeo de dois minutos, Sikêra ainda usa muitos palavrões e aproveita para atacar “governantes” que “usaram o estado de calamidade pública para roubar o povo”.

    Vale lembrar que antes de testar positivo para o vírus, Sikêra tratou a doença como “uma gripezinha” e atacou o fechamento do comércio no Brasil. Ele contraiu o vírus em Manaus e até fez um vídeo se desculpando por minimizar os efeitos da Covid-19.

    Veja vídeo:


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso