Wilson Lima anuncia liberação de mais R$ 23,4 milhões do FTI aos municípios do interior

Com a nova parcela o interior totalizará cerca de R$ 46,8 milhões em recursos recebidos do Governo do Estado.
28/05/2020 20h04 - Atualizado em 28/05/2020 20h04

Foto: Divulgação


Redação AM POST*

Em reunião com os prefeitos do interior, na tarde desta quinta-feira (28/05), o governador Wilson Lima anunciou o repasse aos 61 municípios da segunda parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI), na ordem de R$ 23,4 milhões, para investimentos no combate à Covid-19.

Com a nova parcela, que deve ser liberada nos próximos dez dias, o interior totalizará cerca de R$ 46,8 milhões em recursos recebidos do Governo do Estado desde o início da pandemia.

“Aqui eu anunciei a liberação da segunda parcela do FTI, que é um recurso que nós aprovamos ano passado pela Assembleia Legislativa, para fazer um repasse ao interior, de um percentual, para que fosse voltado para a saúde e que tem ajudado muitos prefeitos nesse período de pandemia”, afirmou Wilson Lima.

O governador também destacou a importância do alinhamento com os gestores municipais, principalmente na questão da retomada das atividades não essenciais. Conforme o planejamento anunciado ontem (27/05), a decisão de reabertura gradual ficará a cargo das prefeituras.

“Dentre os assuntos que nós abordamos aqui estava a flexibilização e o retorno das atividades graduais do comércio. Nós estamos tomando essa decisão aqui para a capital, mas em comum acordo com os prefeitos ficou decidido que essa flexibilização vai ser feita por cada prefeito, que eles têm condição de avaliar melhor qual a sua realidade”, frisou o governador, reiterando que o transporte fluvial de passageiros continuará suspenso em todo Amazonas como medida de prevenção ao aumento de casos no interior.

Na ocasião, a secretária de Saúde, Simone Papaiz, também apresentou aos prefeitos o conjunto de estratégias que o Estado vem adotando para ampliar o suporte aos municípios no atendimento aos casos de Covid-19. Entre elas estão a abertura de leitos de UCI nos municípios polo e o envio de equipamentos e insumos.

“Nós estávamos com 80 leitos de Unidades de Cuidados Intensivos (UCIs) distribuídos nos municípios do interior. Com a entrega de novos equipamentos, nós passaremos a ter 110 leitos, o que dará condições para que o município possa manter o tratamento a esse paciente num quadro moderado da doença. Caso haja agravamento desse quadro, nós também temos a UTI aérea para fazer o transporte até as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) localizadas aqui na capital”, explicou Simone.

União de esforços – Dezenove prefeitos participaram da reunião presencialmente, na sede do Governo do Estado, na Compensa, e 23 por meio de videoconferência. Segundo o prefeito de Novo Airão, Frederico Júnior, o diálogo com os gestores municipais reflete a preocupação do governo estadual com o controle da pandemia no interior.

“Foi muito produtivo, acredito que após o término dessa reunião a gente sai daqui com mais esperança de dias melhores, de um trabalho mais em conjunto com o Governo do Estado”, disse.

Para o prefeito de Manacapuru, Beto D’Ângelo, a hora é de somar esforços para reduzir os impactos do coronavírus nos municípios, que têm registrado um aumento de casos confirmados.

“É importante unificarmos as ações e as informações para termos um diagnóstico do que está acontecendo no Estado e nos municípios de modo geral. Isso vai atenuar, vai fazer com que os prefeitos tenham suporte necessário para o combate ao coronavírus”, afirmou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso