Bandidos morrem em troca de tiros com PMs após fazerem motorista de aplicativo refém em Manaus

Os criminosos ainda foram levados ao hospital mas já chegaram mortos.

Redação AM POST

Uma motorista de aplicativo, de identidade preservada, foi feita refém durante assalto ocorrido na noite desta quinta-feira (4). Após o crime, a vítima foi abandonada com as mãos amarradas no ramal do Brasileirinho, Zona Leste de Manaus e os bandidos foram mortos durante troca de tiros com policiais militares da Força Tática.

De acordo com a vítima, uma moça solicitou a corrida e na hora de embarcar ela estava acompanhada de dois homens, que em seguida anunciaram assalto. Na ação, a motorista foi agredida com um tapa no rosto, teve pés e mãos amarrados além de um pano colocado na cabeça. Os criminosos ainda tentaram força-la a desbloquear o ICloud do seu celular iPhone, mas ela afirmou que não sabia e foi colocada no porta-malas do veículo.

Após chegar no ramal do Brasileirinho, a mulher foi tirada do carro, teve os pés desamarrados e foi abandonada enquanto os meliantes fugiram com o carro. A vítima andou até encontrar um grupo de mototaxistas onde foi desamarrada e acionou a polícia que imediatamente começou as buscas pelo carro.

O veiculo foi identificado por uma viatura e houve troca de tiros. Os dois criminosos foram baleados e levados ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, mas não resistiram e morreram.