Caetano Veloso processa emissora após ser chamado de pedófilo

O apresentador afirmou que, para Caetano Veloso, a pedofilia é algo normal.
26/06/2020 11h09 - Atualizado em 26/06/2020 11h09

Foto: Reprodução


O cantor Caetano Veloso, junto com a produtora Paula Lavigne, estão processando o apresentador Ricardo Carlini e a TV Alterosa após serem comparados com pedófilos.

Durante a exibição do programa “TV Verdade” em outubro do ano passado, o apresentador Carlini comparou Caetano e Paula: “Com o crime cometido por alguém que drogou uma menor de idade e com ela manteve relação sexual, afirmando que o autor aprova a pedofilia”.

Uma outra ré da ação confirmou a afirmação feita por Ricardo e afirmou que, para Caetano Veloso, a pedofilia é algo normal. Um terceiro réu ofendeu o músico, xingando-o de “vagabundo” e ainda chamou a produtora de “maconheira” e “peste”.

Na ação judicial, Paula e o compositor dizem que o programa os “achincalhou, ofendeu e difamou”.

Fonte: Istoé


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso