Eduardo Bolsonaro critica Globo e acusa Fátima Bernardes de incentivar masturbação em seu programa

O filho do presidente Jair Bolsonaro não gostou de uma debate sobre abstinência sexual promovido no Encontro.

Redação AM POST

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) ficou indignado com uma pauta tratada no programa ‘Encontro com Fátima Bernandes‘, da TV Globo, na manhã desta terça-feira (09), e usou o seu perfil no Twitter para fazer criticas a emissora global que, segundo ele, deveria voltar exibir desenhos para as crianças no horário.

“Dez da manhã, crianças em casa, sem poder ir à escola ou sair pra brincar. O que a Globo deveria exibir? Desenhos e programação educativa, como ocorria antigamente. O que a [emissora] está exibindo? Fátima Bernardes incentivando que o público se masturbe durante a pandemia “, escreveu o parlamentar.

Na pauta, Fátima falou sobre “a vida de solteiro na quarentena”, os riscos de relacionar durante a pandemia e fez uma dinâmica em que um semáforo era mostrado no telão para sinalizar se a relação era segura ou não.

“A abstinência sexual ou você conseguir ter prazer com você mesmo, alguma forma de você ter prazer com você mesmo são medidas seguras [em relação ao coronavírus, não há risco]. Sinal verde, tá tranquilo, tá liberado. Alguns países até chegaram a recomendar a masturbação como uma possibilidade de obtenção de prazer nesse momento”, disse o psiquiatra Jairo Bouer, convidado da atração.