Jovem pede ajuda no HPS Platão Araújo e escapa de execução supostamente armada por homem traído em Manaus

Ele foi perseguido e apanhou de um grupo de aproximadamente 13 pessoas mas foi salvo de homícidio por um policial da unidade hospitalar.
19/06/2020 16h44 - Atualizado em 20/06/2020 11h51

Foto: Divulgação


Redação AM POST

O Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo, localizado na zona leste de Manaus, foi invadido na noite dessa quinta-feira (18) por um jovem de 23 anos, que não teve a identidade revelada, pedindo ajuda para se livrar de perseguição feita por um grupo de aproximadamente 13 pessoas contra ele. A informação é do Portal Em Tempo.

De acordo com pessoas que estavam no local esperando por atendimento, o rapaz chegou gritando a frase: “Socorro me ajuda, vão me matar”. Uma das pessoas que estavam perseguindo o jovem chegou a sacar uma arma de calibre 38 para efetivar a execução mas foi impedida por um policial que estava de serviço na guarda da unidade hospitalar.

O rapaz relatou a polícia que o bando o agrediu fisicamente e estava próximo de assassiná-lo devido seu envolvimento sexual com a namorada de um deles. A Polícia Militar (PM), informou que o jovem possui ficha criminal pelo crime de roubo.

Policiais da 27º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam um dos agressores e o encaminharam ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) juntamente com a vítima.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso