Mandetta diz que não descarta chapa com Moro nas eleições de 2022

Ele também chamou de “decepcionante” a militarização do ministério da saúde em meio ao avanço do novo coronavírus.
20/06/2020 11h12 - Atualizado em 21/06/2020 14h02

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou em entrevista à agencia AFP sobre a possibilidade de construir uma eventual chapa com o ex-ministro da justiça e segurança pública, Sergio Moro, nas eleições presidenciais de 2022.

“Política é destino. Não adianta você querer fazer acontecer as coisas porque você querer. Acho que a gente tem dever como cidadão, tanto eu quanto Moro, de dialogar com a sociedade brasileira e participar ativamente das eleições de 2022, seja como candidatos, chapa junto ou campos opostos, mas de fortalecer a democracia brasileira, ou como cidadão com certeza eu vou participar nas eleições de 2022”, disse.

Questionado se descarta a possibilidade ele disse: “Não, não tem nada descartado. Vai que rola”.

Mandetta também chamou de “decepcionante” a militarização da pasta em meio ao avanço do novo coronavírus. “Os médicos não sabem fazer guerra, os generais não sabem fazer saúde”, declarou.

Ele que foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro em abril, lamentou o fato de o ministério ter “perdido a credibilidade” em plena pandemia, que já deixou quase 50 mil mortos e um milhão de casos no país.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso