CPI da Saúde investigará relatório de voos de aeronaves do governo durante pandemia no AM

A comissão busca estabelecer uma relação de pacientes do Covid-19 transportados com o valor gasto.

Lucas Vasconcelos – Redação AM POST

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (10), decidiu analisar o relatório de voos de aeronaves do Governo do Amazonas durante o momento de pandemia. Visto que o Estado realizou o transporte de pacientes diagnosticados com Covid-19 do interior do Estado a capital para serem realizados os devidos tratamentos médicos.

Segundo requerimento do deputado Wilker Barreto (Podemos) aprovado na sessão, a CPI irá investigar também a contratação de locação de aeronaves da Casa Militar e da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), a relação dos pacientes que foram transportados e o valor custeado em todas as viagens no período de 1 de janeiro de 2020 até o presente momento.

“O período da pandemia foi decretado 13 de março. A Susam estava desde fevereiro ciente de uma possível pandemia no Amazonas. O valor de uma ida a São Paulo pela aeronave governamental custa R$ 200 mil. Uma ida e volta à Brasília custa R$ 100 mil. Acredito que seja necessário para termos uma relação do preços pagos e pacientes transportados”, informou Wilker.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) ressaltou a importância de analisar esses dados.

“Além de transporte de pacientes do interior pela aeronave oficial do Governo. Creio que tenham também empresas transportado. Pelo que me parece o avião alugado para viagens do governador e demais autoridades e há também a contratação de táxis aéreos”, ressaltou Serafim.

A transmissão da CPI da Saúde segue pela página oficial do Facebook da Aleam e pelo canal oficial no Youtube.