‘CPI do Impeachment’ do governador do AM será instaurada nesta quinta (9)

Sinésio Campos e Adjunto Afonso foram indicados para compor a comissão especial

Lucas Vasconcelos – Redação AM POST

No final da sessão plenária híbrida realiza na manhã desta quarta-feira (8) na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), após o presidente da Casa, Josué Neto (PRTB) dar um prazo de 24h para que os líderes dos partidos políticos indicarem os deputados para compor a comissão especial, o deputado Serafim Correa (PSB) comunicou que os deputados Adjunto Afonso (PDT) e o Sinésio Campos (PT) farão parte da “Comissão do Impeachment”.

“Já encaminhamos o documento, creio que falta só o Sinésio assinar. Eu já estou na CPI da Saúde. Eles dois tem todo o nosso apoio, representarão o bloco partidário na CPI do Impeachment”, informou Serafim.

Sinésio agradeceu o indicação de Serafim e reafirmou a sua participação como membro na comissão especial.

“Já foi definido quem será constituído. Não tenho problema nenhum em acompanhar o processo de impeachment na esfera estadual. Eu agradeço o indicativo no Serafim Corrêa, não só em discussão, mas pelo nosso bloco partidário”, afirmou o deputado.

Ao todo, a ALE recebeu oito pedidos de impeachment, porém apenas dois foram apreciados. Os nomes dos parlamentares de cada bloco partidário deveriam ser entregues até esta quarta, porém o presidente da ALE ampliou o prazo até quinta-feira (9), às 17h30.