Em Manaus, motoristas organizam protesto contra preço abusivo da gasolina e sistema de cartel

Representantes da manifestação afirmam que pretendem alertar a população manauara sobre a situação crítica.

Redação AM POST

Uma manifestação está sendo organizada nesta quarta-feira (8), por motoristas, entre os de aplicativos, mototaxistas e taxistas contra as altas no preço dos combustíveis. O protesto começará às 17h , em frente ao posto de gasolina 700, na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus. Devido à pandemia do novo coronavírus, a orientação é que manifestantes protestem de dentro de seus carros, evitando, assim, aglomerações.

A Petrobras anunciou ontem (7) reajuste médio de 5% para a gasolina vendida em suas refinarias a partir de hoje, enquanto manteve a cotação do diesel.

O objetivo, conforme organizadores do protesto, é alertar a população manauara e as autoridades públicas. Eles também afirmam que existe um “sistema de cartel” que existe há anos na capital amazonense.

O ex-secretário do Procon, Rodrigo Guedes também apoia o manifesto e chegou a dizer que o preço abusivo é um roubo. “Se o cartel age impunemente, vamos fazer nós mesmos, saindo das redes sociais e indo as ruas”, disse Rodrigo.