Homem é preso por adquirir pornografia infantil e mães que vendiam os conteúdos são investigadas

Apesar de ser oferecido algo em troca do delito, não há confirmação de pagamento.

Redação AM POST

Um homem de 39 anos, foi preso após se passar por mulher e comprar fotos e vídeos íntimos de criança. O caso aconteceu em São Paulo e foi constatado que ele obtinha os conteúdos através das mães das menores.

Conforme a polícia, o acusado já havia sido preso em 2019 também por obter material de pornografia infantil.

Ele oferecia às mães dinheiro ou celulares para conseguir as fotos e os vídeos. Em determinada ocasião, uma das mulheres pediu um Iped e questionou se ele daria, e ele afirmou que sim mas seriam três filmagens.

Durante as buscas, policiais apreenderam celulares e computadores e colocaram o suspeito em prisão preventiva. As mulheres que enviavam os registros das crianças estão sob investigação. Apesar de ser oferecido algo em troca do delito, não há confirmação de pagamento.

Veja o vídeo: