Mãe de traficante do ‘CV’ morre após ser baleada durante ‘execução’ do filho

A idosa foi atingida após quatro suspeitos matarem o filho suspeito de envolvimento com o homicídio do ‘MC G da FDN’.

Redação AM POST

A idosa Marineth Gomes de Abreu, de 66 anos, morreu nesta terça-feira (14) no Hospital Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, onde estava internada desde o último sábado (11) quando foi baleada em sua casa, localizada no bairro Alvorada, durante ataque que matou seu filho Charles Gomes.

A mulher teve sua casa invadida por quatro suspeitos que disparam tiros com o intuito de matar Charles. Alguns disparos acabaram atingido o peito e o pé de Marineth. O filho de Charles, de 13 anos, também levou um tiro no abdômen.

O adolescente foi encaminhado para o Hospital e Pronto-Socorro Joãozinho, onde passou por procedimentos cirúrgicos e foi liberado.

Motivo
Segundo a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), o crime foi motivado por Charles estar envolvido com o homicídio de Geovane dos Santos, o “MC G”, em fevereiro deste ano. Geovane era conhecido por cantar “funks” para a facção criminosa Família do Norte (FDN) e mandar mensagens para membros da facção rival Comando Vermelho (CV).

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).