Pesquisa aponta liderança de Amazonino no 1º turno e alta rejeição de Conceição Sampaio na eleição para prefeito de Manaus

Apesar de aparecer na frente da disputa, o cacique Amazonas é o segundo mais rejeitado, conforme dados da pesquisa Action.

Redação AM POST

O pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), apresentou 28,5% das intenções de votos, de acordo com a pesquisa de opinião da empresa Action divulgada na madrugada desta quinta-feira (9).

A empresa realizou entrevistas com 1.100 eleitores entre os dias 3 e 7 de julho deste ano. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número AM-0-07587/2020.

Em segundo lugar, a pesquisa apontou o ex-governador interino David Almeida (Avante), com 16,4% das intenções de votos. Seguido de Capitão Alberto Neto (8,4%); José Ricardo (7,3%); Marcos Rotta (4,9%); Chico Preto (4,4%), Conceição Sampaio (4,1%), Josué Neto (3,4%), Coronel Menezes (2,5%), Ricardo Nicolau (1,5%), Hissa Abrahão (1,4%) e Liliane Araújo (1,3%).

Foram registrados intenções de votos também para a ex-secretária da Sejusc, Caroline Braz (PSC), Yann Evanovick (PCdoB), Felipe Souza (Patriota) e Romero Reis (Novo), com menos de um ponto percentual.

Índice de rejeição
A ex-deputada federal e ex-secretária municipal de Assistência Social (Semasc), Conceição Sampaio (PSDB), foi a pré-candidata com o maior nível de rejeição entre os eleitores, totalizando 19,5%.

Logo atrás, Amazonino Mendes apresentou 17,5% da rejeição dos votos para prefeito. Em seguida, Chico Preto com 14,6%; Marcos Rotta (12,7%); Hissa Abrahão (12,2%); José Ricardo (11%); Josué Neto (9,2%); Yann Evanovick (7,1%); Coronel Menezes (7%), dentre outros.

Além disso, a pesquisa apontou que o pré-candidato David Almeida é o que possui o menor índice de rejeição entre os eleitores, apresentando apenas 3,5%.