PF prende homem que gravava vídeos dizendo que ia deixar Maia e ministros do STF “igual a uma peneira”

O suspeito foi preso em flagrante por porte ilegal de arma.

Redação AM POST*

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (13) um homem, que não teve o nome divulgado, suspeito de ameaçar de morte o presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia, e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) com vídeos em que dizia que os deixariam “igual a uma peneira”.

Três armas de fogo (uma delas com registro vencido em nome de terceiro), um computador, um celular, roupas utilizadas nos vídeos e munições foram apreendidos. O suspeito foi preso em flagrante por porte ilegal de arma.

De acordo com a polícia “crimes de calúnia e difamação contra diversas autoridades também teriam ocorrido”. No fim da tarde, ele pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade.

*Com informações do G1