Receita Federal encontra alucinógenos e dinheiro falso nos Correios

Parte do ilícito apreendido tinha como destino a capital do Amazonas.

Redação AM POST

O Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal (SEREP) realizou, na tarde de sexta-feira (3), operação no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE/CEE) dos Correios que resultou nas apreensões de alucinógeno sintético conhecido como NBOMe, Haxixe e cédulas de reais falsificadas.

A equipe apreendeu encomendas contendo 1475 selos com NBOMe, alucinógeno sintético potente vendido como uma alternativa ao LSD ou mescalina (uma droga alucinógena feita a partir de um cacto). Os efeitos de uma quantidade mínima da droga podem durar até 12 horas ou mais. Uma dose de 750 microgramas, considerada a média para uma dose alta, tem aproximadamente o tamanho de seis grãos pequenos de sal.

Parte do NBOMe apreendido era proveniente do Rio de Janeiro/RJ e tinha como destino a capital do Amazonas. Outra quantidade da droga era proveniente de São Paulo/SP e estava destinada à cidade de Jaboatão dos Guararapes/PE.

Em outra encomenda foi encontrada a quantidade de 23g de haxixe, camuflada em uma caixa de chocolate. A droga estava saindo de Manaus/AM e tinha como destino Brasília/DF. A equipe do SEREP também encontrou encomenda contendo cédulas de reais falsificadas que totalizaram o valor de R$ 2.000,00, provenientes de Uberlândia/MG com destino São Luís/MA.

Cabe destacar a atuação da equipe K9 da Receita Federal do Brasil em Manaus com o agente canino DECO, fundamental para a localização das drogas encontradas.

A Receita Federal do Brasil informa à sociedade que permanece, mesmo durante a pandemia de Covid-19, realizando normalmente suas ações de combate ao contrabando e descaminho na cidade de Manaus.

* Com informações da Assessoria de Imprensa