Ronaldo Tiradentes diz que conselheiro do TCE-AM tem ‘apartamento cinematográfico’ de R$20 milhões em São Paulo

Conforme o jornalista, Ari Moutinho Júnior, levou ainda dois soldados da Casa Militar do TCE-AM para fazer a segurança de seus filhos na capital paulista.

Natan Gaia – Redação AM POST

O jornalista Ronaldo Tiradentes, afirmou nesta segunda-feira (6) em seu programa Manhã de Notícias (89,7 FM), que o conselheiro do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Ari Moutinho Júnior, que é funcionário público no Estado mora em São Paulo (SP) e possui um “apartamento cinematográfico” de R$20 milhões.

“Conselheiro Ari Moutinho, funcionário público no Amazonas, pago pelo povo amazonense, mora em um apartamento cinematográfico na capital paulista. Há mais de cinco anos que ele mora lá e consegue essa proeza de morar em São Paulo e trabalhar em Manaus. Como é que pode? Recebe mais de R$30 mil de salário para trabalhar e morar aqui”, questionou o apresentador.

De acordo com Ronaldo Tiradentes, o conselheiro do TCE-AM também é proprietário de um aparatamento em um condomínio de luxo no bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, avaliado em R$10 milhões, mas esse só é usado para passagens rápidas. “Sem contar que ele também tem um apartamento na Ponta Negra no edifício Cannes. Um apartamento de um por andar lá no condomínio Riviera de Ponta Negra. Mas esse apartamento aqui virou local para passagens rápidas porque ele mora mesmo é em São Paulo”, reafirmou.

O apresentador do Manhã de Notícias disse ainda que o conselheiro vem a Manaus, uma vez por semana, quando tem votação no Tribunal de Contas e volta para a capital paulista no mesmo dia. Ari Moutinho Júnior foi classificado por Ronaldo como carregador de malas do senador Eduardo Braga (MDB), que o nomeou conselheiro do TCE.

Durante sua fala, Ronaldo Tiradentes mostrou vídeo do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso, Waldir Teis, tentando se livrar de provas de corrupção e o comparou a Ari Moutinho. “Se essa corrida fosse no apartamento do Ari Moutinho em São Paulo provavelmente ele pularia pela janela pra chegar mais rápido la embaixo”, disse.

Ainda segundo o jornalista, Ari levou dois soldados da Casa Militar do TCE-AM para fazer a segurança de seus filhos na capital paulista.

Em nota, o Tribunal de Contas se manifestou e disse que não há servidores cedidos à Corte de Contas e/ou servidores efetivos do TCE-AM desenvolvendo atividades fora do Estado do Amazonas.

Veja vídeo a partir de 24 minutos:

Posted by TV Tiradentes on Monday, July 6, 2020