Bolsonaro lamenta morte de policiais em Nova Olinda do Norte

O presidente disse que o país precisa dar mais proteção aos policiais.

Redação AM POST

O presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou nesta terça-feira (04), a morte do cabo Carlos de Souza e do sargento Manoel Wagner, policiais militares mortos durante confronto com traficantes no município de Nova Olinda do Norte que fica (distante a 134 quilômetros de Manaus).

Bolsonaro estava na entrada do Planalto como de costume e foi questionado por uma mulher sobre o caso ocorrido no Amazonas e afirmou que a segurança dos policiais deveria ser implementada.

“Eu lamento as mortes e mando as minhas condolências para toda a Polícia Militar, aos familiares. A gente precisa dar mais proteção para eles, até com uma retaguarda jurídica nesse sentido. Uma fração de segundos é a diferença entre a vida e a morte para esses homens”, disse.

Os policiais militares estavam em uma operação policial no município de Nova Olinda do Norte, cujo objetivo era prender um traficante da região, vulgo ‘Bacural’, que estava preso mas foi solto após cerca de 20 criminosos invadirem a delegacia e retira-lo. Durante a tentativa de recaptura-lo, os meliantes contra-atacaram, os PMs foram mortos e outros dois ficaram feridos.

O velório dos policiais está sendo realizado no Comando Geral da Polícia Militar desde a noite de ontem (04) e o sepultamento será feito nesta quarta-feira (5).

Veja o vídeo:

https://www.instagram.com/p/CDgmVjPDtTU/?igshid=1nn5bgv634x9p