Em Manaus, 14 estabelecimentos comerciais são fechados por descumprimento de horário e aglomeração

Além dos fechamentos, 16 estabelecimentos foram autuados por descumprimento de decreto estadual.

Redação AM POST

No final de semana, durante vistorias realizadas em estabelecimentos comerciais pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), 14 locais foram fechados, a maioria por descumprimento do horário estabelecido para funcionamento e por aglomeração.

As ações, que reúnem órgãos estaduais e municipais, contaram com um efetivo de 80 profissionais que vistoriaram bares, restaurantes, lanches, postos de conveniência, além de flutuantes.

De acordo com a coordenação da Central, além desses locais, a CIF deu apoio à Polícia Militar durante o atendimento de ocorrências em eventos particulares que tinham intensa aglomeração de pessoas e ultrapassavam o horário limite de funcionamento. Os eventos foram encerrados.

Além dos fechamentos, 16 estabelecimentos foram autuados por descumprimento de decreto estadual, ausência de licenciamento sanitário e ausência de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Os locais que não apresentaram alteração foram orientados pela CIF.

Flutuantes – Na CIF Fluvial, a maioria dos flutuantes possuía licença sanitária e não apresentava aglomeração. Um dos flutuantes fiscalizados, que já havia sido autuado em outra ação, foi novamente autuado por descumprimento da legislação sanitária.

A Central continua vistoriando os locais que já receberam as equipes em ações anteriores para averiguar se os locais estão providenciando as adequações.

* Com informações da Assessoria de Imprensa