Governador muda nomenclatura da Susam para SES-AM

Segundo ele a secretaria começa a viver uma nova história.

Redação AM POST

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam), vai aderir a uma nova nomenclatura SES-AM e nova estrutura organizacional. A informação foi divulgada pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, durante lançamento do novo programa de reordenamento da área de saúde no estado, o “Saúde Amazonas” nesta segunda-feira (31/08).

“Hoje, nós estamos vivendo um momento diferente na área da saúde. Esse aqui é um momento diferente do Governo do Estado do Amazonas, em que a gente vira uma página e começa a viver uma nova história. A gente começa a viver agora a história da SES, que é a nossa Secretaria Estadual de Saúde”, disse Wilson Lima.

A secretaria passará a ter mais efetividade na implementação dos projetos. “Nossa ideia é organizar tudo, é modernizar e usar a tecnologia para que ter maior controle e, naturalmente, fazer uma entrega mais eficiente. Tudo isso para que a gente possa diminuir filas, possa agilizar procedimentos e, cada vez mais, fazer entregas que o nosso governo se comprometeu a fazer”, frisou o governador.

A ampliação da estrutura organizacional da SES-AM foi possível com o remanejamento de cargos já existentes em outras pastas para a Saúde.

Responsável pela coordenação de cerca de 20 mil servidores, em 57 unidades na capital e mais 60 no interior, a estrutura organizacional da secretaria, antes do programa Saúde Amazonas, contava com apenas cinco gestores – o secretário de Estado de Saúde, o secretário Executivo e os Adjuntos do Fundo Estadual de Saúde (FES), da Capital e do Interior.

Entendendo a necessidade de ampliação dessa estrutura, o governador Wilson Lima realocou cargos de outras secretarias e priorizou a Susam que, a partir de agora, passa a ter, além do secretário de Saúde, quatro secretarias executivas e sete secretarias adjuntas. “Essa medida é mais uma demonstração do quanto o setor da saúde é prioridade no governo Wilson Lima”, destaca o secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo.

Agilidade na gestão
De acordo com Marcellus Campêlo, o desenho extremamente verticalizado da estrutura anterior concentrava muitas atribuições em poucos gestores, o que acabava refletindo no tempo de tomada de decisões. Com a divisão de responsabilidades, a resposta às demandas da população será mais rápida e eficiente.

“Na modernização, um dos projetos é a reestruturação do organograma da secretaria. Era um organograma muito verticalizado, uma estrutura muito grande fisicamente, com 20 mil servidores e poucos secretários na estrutura administrativa direta. Então, nós vamos fazer o que estamos chamando de horizontalizar a gestão. O ganho vai ser que nós vamos ter mais secretarias focadas em determinadas ações estratégicas do órgão”, afirma o secretário de Saúde.

Marcellus ressalta que a principal meta do Programa de Modernização da Saúde no Amazonas é melhorar os serviços, com mais consultas, mais exames, mais cirurgias, mais leitos, mais transparência, menos fila e menos espera para os usuários dos serviços públicos. Tudo isso, lembra o secretário, exige decisões rápidas da gestão, o que será possível com um organograma menos engessado e gestores mais focados nos projetos de sua responsabilidade.

Ações do Saúde Amazonas
O programa Saúde Amazonas consiste em um pacote de medidas divididas em nove macro ações, com mais de 150 projetos cadastrados, até o momento, que visam mudanças estruturantes e melhoria dos serviços. As ações são: Redução de Filas; Reorganização da Rede de Saúde e Ampliação do Faturamento; Saúde nas Calhas; Modernização da Gestão Administrativa; Formação e Desenvolvimento do Servidor; Fortalecimento da Estrutura de Controle; Comunicação; Governança de Tecnologia da Informação e Fortalecimento da Vigilância em Saúde.

A nova estrutura organizacional da SES-AM está assim configurada:
Secretário de Estado de Saúde: Marcellus José Barroso Campêlo;
Secretária Executiva do Fundo Estadual de Saúde (FES): Nívia Barroso de Freitas;
Secretário Executivo de Controladoria da Saúde: Silvio Romano Benjamin Junior;
Secretário Executivo de Assistência da Capital: Thales Stein Schincariol;
Secretário Executivo de Assistência do Interior: Cássio Roberto do Espírito Santo;
Secretário Executivo Adjunto de Gestão Administrativa: Marcus Vinicius Brito Martins;
Secretário Executivo Adjunto de Orçamento e Finanças: Adriano Augusto Gonçalves Marques;
Secretário Executivo Adjunto de Tecnologia da Informação: Francisco Lourenço Duarte Arce Junior;
Secretária Executiva Adjunta de Políticas em Saúde: Nayara Oliveira Maksoud;
Secretário Executivo Adjunto de Atenção à Urgência e Emergência: Moab Sherlan Valente Amorim;
Secretária Executiva Adjunta de Assistência Especializada da Capital: Márcia Florinda Rosas Murad de Souza;
Secretária Executiva Adjunta de Descentralização e Regionalização Assistencial do Interior: Rita Cristiane dos Santos Almeida Vasconcelos.