Josué Neto é processado pelo dono da Cigás e rebate: “prefiro ter um processo contra mim, do que propina”

Deputado também disse que via mandar emoldurar esse processo.

Redação AM POST

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PRTB), usou as redes sociais para revelar que o sócio majoritário da Cigás, o empresário Carlos Suarez, está movendo uma ação contra ele por questionamentos feitos na tribuna da Aleam.

“Isso mostra a que pontos chegou a situação no Amazonas, o investigado agora abre processo contra o investigador. Na Assembleia fizemos uma série de medidas para acabar com o monopólio do senhor Carlos Suarez, para investigar as ligações perigosas que existem na questão do gás no Estado, inclusive objeto de análise do Tribunal de Contas do Estado”, declarou.

Josué também comparou a situação com o que está acontecendo com na Operação Lava Jato em que muitos investigados estão processando procuradores.

O deputado também mandou recado ao empresário e disse que o papel de Suarez não é de quem processa e sim de quem é processado. “Temos um encontro marcado na justiça senhor Carlos Suarez mas o senhor pode ter certeza que esse não será o único processo que o senhor vai responder. Eu vou mandar emoldurar esse processo que o senhor abriu contra mim. Prefiro ter um processo do senhor Carlos Suarez contra mim, do que propina. Prefiro ter um processo”, disparou.