Maus Caminhos: ministro do STJ determina soltura de Mouhamad Moustafa

O médico é apontado como líder de uma organização criminosa que desviou cerca de R$104 milhões da saúde do Amazonas.

Redação AM POST

O ministro do Supremo Tribunal de Justiça(STJ), Nefi Cordeiro, determinou na segunda-feira (3) a soltura do médico e empresário Mouhamad Moustafa, preso preventivamente desde 2018 na Operação Maus Caminhos.

O pedido de Habeas Corpus foi ingressado pela defesa do médico que alegou que ele foi absolvido da acusação de embaraço à investigação de organização criminosa.

Devido outros mandos de prisão, Mouhamad Moustafa permanece preso no Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM 1), localizado no Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).